Pôneis Machos e Fêmeas a venda ( valores a partir de R$3500,00); Cavalo Manga Larga Sem registro R$5500,00

 

vendas 

flaviaheabade@yahoo.com.br 

 

11-98155-2244 ( Tim e What) 

11-98446-5111(Tim)

11-4717-4081  


Facebook 

https://www.facebook.com/pigsmicro

 

 

 

        Instalações 

               Os pôneis são pequenos animais rústicos e fortes. Pode-se criá-los soltos a campo ou Baias e cocheiras. 

        Alimentação 

               Um pônei consome de 1 a 2 Kg de ração por dia, divididos em duas ou três refeições, 1 fardo e meio de capim por semana, sal mineral e água limpa. 
Para um pônei confinado em baia, o custo mensal total é de R$ 40,00 ou R$ 65,00 (menos que um cachorro de grande porte). As baias podem ser juntas ou separadas, medindo 2,50 x 2,50 m; o piso deve ser de terra, concreto e as camas das baias de serragem branca; os cochos devem ser de tijolos rebocados e queimados de cimento liso, com altura até a boca de 40 cm, com a profundidade de 20 cm, tendo 3 separações (20 cm para o sal, 40 cm para a ração e 40 cm para o capim), totalizando a largura de 1 m. O cocho de água deve ser separado. 

         Altura 

             A altura do mini-pônei varia de 0,65 a 0,95 m e a do pônei varia de 0,95 a 1,10 m. 

        Reprodução 

              A reprodução ocorre naturalmente como a dos cavalos normais. O tempo médio de gestação de um mini-pônei é de 11 meses, em torno de 335 dias. E geralmente o parto ocorre de forma normal, sem maiores problemas. 
O desmame dos pôneis deve acontecer dos 4 aos 6 meses de idade, sempre com outros potrinhos para amenizar o stress do animal. Inicia-se aí a doma do animal colocando-lhe o cabresto e escovando-o. Quando o animal atingir 2 anos, inicia-se o trabalho com a sela e, quando estiver bem domado, podemos oferecê-los as crianças. 

             Longevidade 

                 Estima-se que viva e procrie até 30 anos em média. 
Todo animal de pequeno ou grande porte merece respeito. Ensine o certo ao seu pônei e ele será um companheiro para seu filho. Nunca exija de seu pônei mais do que ele possa suportar. Entenda que ele lhe servirá de acordo com os limites de suas forças. 

            Algumas Recomendações 

- Ao arriar seu pônei verifique se não há nada debaixo da sela ou da manta que possa machucá-lo; 
- Quando estiver usando sela ou charrete e parar, deixando o animal, amarre-o pelo cabo do cabresto no mourão ou numa cerca para evitar que ele saia em disparada, assustado por algum eventual barulho repentino, causando danos; 
- Se o animal estiver se alimentando ou distraído, antes de aproximar-se dele, chame-o pelo nome para que ele note sua presença. 

- Fique de olho em carrapatos e em parasitas e mantenha os animais sempre limpos. Eles precisam fazer a "toalete". É importante dar banho, manter as orelhas higienizadas, os pelos escovados e a crina aparada.

 

             Vacinação:

                   Um cuidado importante é em relação à saúde do animal. De acordo com a região onde é criado, o pônei precisa seguir o programa de vacinação contra doenças, como a febre aftosa. Secretarias de agricultura locais podem informar sobre campanhas das vacinas obrigatórias. De mais a mais, a aplicação de vermífugos a cada três meses é o controle necessário.

 

Conteúdo